Inimigos da comunicação

Pesquisa adverte: brigar faz mal à saúde

A comunicação é fundamental ao relacionamento. Em muitos casamentos, a ausência desse ingrediente tem levado ao esfriamento do casal e motivado brigas. Protelar assuntos ou dar desculpas para fugir do diálogo é o erro que pode custar a felicidade a dois. E, por mais que exista o amor, os conflitos acabam sufocando a relação, e, por não conseguirem resolver as adversidades, muitos acabam se separando, quando não ficam juntos como dois estranhos dentro de casa. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, afirma que casais que se comunicam de maneira agressiva estão mais propensos a adoecer ou pelo menos terão maior dificuldade em curar as condições clínicas já existentes. Na pesquisa, os 37 casais participantes tiveram pequenas feridas criadas artificialmente na pele em decorrência de estresse. Eles foram acompanhados por um período de 12 dias para se registrar o cotidiano e o processo de cicatrização do pequeno ferimento.

 

Ao final do período de testes, as pessoas que apresentaram uma comunicação mais positiva tiveram um processo de cura mais rápido. Já os brigões levaram mais tempo para sarar o machucado na pele. Os cientistas atribuíram os resultados aos níveis de oxitocina, um hormônio associado à proteção, presente em maior quantidade nas pessoas com mais facilidade de comunicação.

 

Erros e Dicas

 

A terapeuta de casais e psicóloga formada pela Universidade de São Paulo, Kelen de Bernardi Pizol, ressalta os erros na comunicação e dá dicas para um bom entrosamento entre o casal:

 

Errado: Fechar-se à comunicação, independente do motivo do desentendimento

 

Dicas: Para conciliar os conflitos, em primeiro lugar, o casal deve se abrir ao diálogo. “Eles precisam abrir um espaço para conversar sobre o que os está incomodando e também para dizer do que não estão gostando”, garante Kelen.

 

Errado: Insistir em acertar aquele ponto no auge da discussão

 

Dica: Esperar o clima melhorar para tentar chegar a um ponto comum

 

Errado: Ficar computando cada vez que você cedeu e o outro não ou querer que apenas o outro ceda

 

Dica: “No amor não há competição. O casal deve saber que está no mesmo time e não é oponente um do outro”, diz Kelen

 

Errado: Insultar, acusar, ficar relembrando o passado

 

Dica: Ter tato para não dizer coisas que magoem desnecessariamente, preservando a relação

Fonte: Folha Universal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s