Sol de inverno

Com um calor escaldante e um sol de rachar fica praticamente impossível se esquecer de proteger a pele. Mas o verão passa e os cuidados são deixados em segundo plano, o que, de acordo com a dermatologista Juliana Carnevale, é um grande erro. “Realmente no inverno a radiação solar é menor, mas isso não significa que ela seja menos nociva. Os tipos de raios solares (UVA e UVB) continuam atuando em nossa pele, podendo causar ressecamento, rugas, manchas solares, pigmentação irregular e até mesmo o câncer de pele”, alerta a médica.

Ver para crer de fato não funciona quando o assunto é proteção solar. Dias de chuva, por mais escuros que sejam, podem, sim, representar um risco à saúde da pele. “A radiação solar permanece, ainda que em níveis menores. Pode até não parecer, mas 60% dos raios ultravioletas conseguem ultrapassar as nuvens, ou seja, protetor solar mesmo debaixo do guarda-chuva”, orienta Carnevale. “As pessoas acham que não é preciso se fotoproteger e acabam se expondo de forma excessiva ao sol. Esse descuido pode queimar a pele e futuramente evoluir para câncer de pele.”

O protetor solar também precisa estar presente na nécessaire das viagens de inverno. Caso esteja nos seus planos subir a serra, o produto não pode ficar para trás. “Em lugares com maiores altitudes a radiação é mais intensa, pois há menos atmosfera para absorvê-la. Os raios ultravioletas são filtrados pela camada de ozônio, ou seja, o dano causado pelo sol pode ser ainda maior”, explica a dermatologista.

Além da proteção solar, cuidados extras são necessários nessa época do ano. Siga as instruções da dermatologista para deixar a sua pele linda!

Oleosa – “Esfolie a pele de uma a duas vezes por semana. O agente esfoliante vai promover a descamação, que contribui para a limpeza, acelera a renovação celular e facilita a absorção dos hidratantes. Vale ressaltar que os hidratantes cremosos não são indicados para este tipo de pele, já que favorecem o aumento da oleosidade e promovem o surgimento de cravos e espinhas. Portanto, a dica é investir em produtos oil free.”

Seca – “Esta é a época do ano em que pessoas de pele seca mais sofrem. É importante caprichar na hidratação. A esfoliação deve ser leve, no máximo uma vez por semana, com um agente bem suave, para evitar o ressecamento e otimizar a absorção do hidratante. Evite lavar a pele com água quente, pois resseca ainda mais.”

Sensível – “Use água fria para a limpeza e remova qualquer resíduo de produtos aplicados. Dê preferência aos hipoalergênicos, sem fragrância e sem parabenos. Esfoliação não é indicada para esse tipo de pele, pois a deixa ainda mais exposta a agressões externas. Hidratação é importantíssima, para manter a pele protegida e diminuir os riscos de reações cutâneas.”

Normal – “Caso você tenha tendência a manchas, esta é a época adequada para usar ácidos e agentes despigmentantes. Os cuidados são básicos, limpeza e hidratação. Não se esqueça de esfoliar até duas vezes por semana para remover as células mortas presentes na superfície da pele, retirar as impurezas e o excesso de oleosidade, facilitando a ação dos hidratantes.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s