Orelhões com publicidade?

    Anatel coloca em consulta pública um novo regulamento para os telefones públicos; entre as medidas estão utilização dos aparelhos como veiculação publicitária

Orelhão de São Paulo, com a chamada da exposição Call Parade, promovida pela Vivo: marcas e empresas poderão veicular publicidade nos telefones

 Orelhão de São Paulo, com a chamada da exposição Call Parade, promovida pela Vivo: marcas e empresas poderão veicular publicidade nos telefones

Eu adorei a novidade do momento, na verdade para os publicitários é uma nova forma de trabalhar criativamente agradar ao maximo nosso clente, está cogitando no ar a aprovação de publicidade nos orelhões podendo assim tornar-los uma nova “mídia” para veiculação publicitária. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou, em reunião realizada nessa quinta-feira, 28, que colocará em consulta pública um novo regulamento para a gestão dos telefones de uso público. Entre as novas medidas de aperfeiçoamento dos orelhões está a criação de regras para a “veiculação de publicidade, o que pode representar nova fonte de receita”, além, da criação de uma comunicação visual atrativa ao uso dos telefones. Embora ainda vá receber as ideias dos membros da sociedade e ser novamente analisada e debatida pela Anatel e pelos envolvidos no setor, a proposta pode estabelecer aos telefones públicos um novo estilo de gestão e manutenção, como já é previsto, em Lei, com o mobiliário urbano da Cidade de São Paulo (a Lei Cidade Limpa prevê que as empresas interessadas em veicular suas marcas nos abrigos de ônibus e relógios de rua arquem com a manutenção e preservação desses mobiliários).

Os sucessivos adiamentos das licitações para a escolha dessas empresas, no entanto, nunca permitiu que essa prática se tornasse realidade nas ruas de São Paulo. No caso dos orelhões, a Anatel poderia adotar uma medida semelhante ou, até mesmo, determinar que as empresas direcionassem a receita obtida com a publicidade nos telefones para a manutenção e conservação dos mesmos.  O projeto ficará em consulta pública por 45 dias. Além da adoção da publicidade, a Anatel também discutirá a possibilidade de cobranças alternativas pelo uso dos orelhões (além do tradicional cartão telefônico) e a vistoria e manutenção periódica dos aparelhos por concessionárias especializadas.

Qual a sua opinião a respeito?

Veja algumas fotos de orelhões legais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s