Convênio deve ser escolhido antes da Gravidez

Segundo a lei, o tempo máximo de carência para cobrir o parto é de 300 dias. Mãe deve se planejar com antecedência

Você está se programando para um bebê? Procure um convênio antes da decisão! é muito importante você ter um bom convênio para te acompanhar nesse momento tão especial! 
 
Escolher um convênio também não é uma tarefa fácil. Um dos principais cuidados que os pais devem ter é com o tempo de carência estipulado. Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), reguladora dos planos de saúde do Brasil, o prazo máximo estabelecido pela lei é de 300 dias após a contratação do serviço, ou seja, cerca de 10 meses. Por isso, é importante planejar isso antes da gestação. Caso contrário, não há garantias de que você vai conseguir fazer o parto pelo convênio no local desejado.
 
Obrigações do plano de saúde
Para quem prefere não usar o Sistema Único de Saúde (SUS), contratar um convênio é uma opção para fazer frente às altas despesas da gravidez. Nos planos ambulatoriais e nos planos hospitalares com obstetrícias, é obrigatória a cobertura das consultas pré-natal – e de todos dos exames solicitados, depois de 180 dias de carência.
Na hora do parto, os planos também devem cobrir, além do procedimento, a internação e a assistência anestésica e pediátrica na hora do parto. De acordo com a ANS, também é obrigação do convênio cobrir as despesas de um acompanhante durante os períodos pré-parto, parto (que inclui basicamente as roupas utilizadas na sala) e pós-parto imediato, 48 horas após o nascimento.
Se for necessário, o bebê deve contar com uma UTI neonatal pelo tempo que for estipulado pelo médico. É importante conferir se o hospital permite a presença permanente da mãe no local.
Não se esqueça de colocar o bebê como dependente na cobertura do plano no máximo até 30 dias após o nascimento. Isso evita que haja carência ou alegação de doença preexistente.
 
Opcionais
Dependendo da maternidade, você ainda pode optar por diversos serviços e procedimentos, como parto domiciliar, parto na água, assistência de doulas e enfermeiras. Antes de decidir, confira se o seu convênio cobre essas opções. Quem escolher fazer o parto com um obstetra particular também deve ficar atenta aos custos da equipe médica.
Alguns aspectos podem pesar na hora de escolher o local, como a UTI adulta, exames e vacinas. Antes de decidir, questione o que é oferecido pela maternidade.
Em alguns casos, você pode contar com um serviço de hotelaria diferenciado, com conforto extra e suítes com quarto e sala separados. Há também hospitais que oferecem a possibilidade de transmitir o parto via internet. Com tudo bem pesquisado, seu bebê vai ter um nascimento de novela, e você não vai sentir tanto no bolso.
Anúncios

Mulheres x Celulite : e comece a guerra!!!

     Não existe mulher que não reclame de celulite. Esse é um problema crônico que não tem cura. E nós mulheres estamos, sim, mais propensas a ter os temidos furinhos na pele.

     Alguns fatores podem ser considerados causas da celulite, como a má alimentação, falta de exercícios físicos, estresse, problemas hormonais, problemas circulatórios e até a genética. O cigarro é outro veneno que provoca o surgimento do problema e deve ser evitado. Dependendo de seu grau, a celulite pode ter até quatro estágios.

     Apesar de não ter cura, alguns tratamentos contra celulite podem ajudar a amenizá-la. O uso de cremes contra o processo inflamatório, drenagens linfáticas e o tratamento de carboxiterapia são eficientes. Na alimentação, evite queijos amarelos e embutidos, produtos industrializados e refrigerante em excesso. Mesmo os refrigerantes zero são prejudiciais, já que estão repletos de sódio na fórmula.

Praticar exercícios aeróbicos também ajuda a reduzir a celulite. Aposte em corrida, bicicleta, natação e pular corda. Além de queimar pneuzinhos, esses exercícios são eficientes contra os furinhos. Conheça outras dicas para cuidar de sua saúde e bem-estar.

 

Veja abaixo as dicas para acabar com a celulite!!

 

Looks da mahh – básicos do dia-a-dia

Genteee!! Eu adoro fazer um look diferente para cada dia e ocasião !! Vou postar alguns modelitos que usei essa semana no trabalho e no parque do Ibirapuera que eu fui no Final de Semana! Me digam o que acham!!

20131003-173555.jpg

Esse dia estava um pouco frio, mas nem tanto,  eu achei agradável o tempo então eu optei por cores mais pros tons pasteis e o preto básico lógico, e outra coisa, um acessório ótimo … o Cinto! deixa 99% das roupas mais chiks e ainda disfarçam a barriguinha rsrs! adorei.

20131003-173641.jpg

Esse Look eu escolhi para um dia de passeio com a minha amiga, em que fomos para uma exposição de quadros e depois para o shopping. Então eu escolhi um visual mais descolado e com um pouco mais de cor, o dia estava quente e gostoso.

20131003-173722.jpg

Vocês perceberam como estou leve!! Eu estava no Parque lindo do Ibirapuera e o look foi escolhido para uma Bike (nada profissional, lógico, se não deveria ser uma roupa mais esportiva) e o dia estava maravilhosamente ensolarado e espetacular! O bom que ainda rolou um shopping depois, logo que meu look estava favorável à isso.

20131003-173802.jpg

Nesse dia de trabalho eu estava com um estilo mais básico para o dia a dia, com o meu coturno que eu amooo de paixão!! ♥♥♥♥♥ rsrs (fala sério, ele é lindo!) uma legging, uma batinha e uma jaqueta, apesar de não ter tirado foto das costas, minha bata é rendada atrás dando um charme a mais na blusinha! Esse dia estava bem confortável para o trabalho.

Bom, espero que vocês tenham gostado das minhas fotinhos com os looks que eu utilizei! No decorrer do tempo vou colocando outros, tenho taaantaaaas fotos! kkkk Vamo simbora! Vou ser bem sincera, não sou nenhuma fashionista ou algo do tipoo, apenas gosto de escolher sempre muito bem a minha roupa para cada ocasião, onde eu me sinta linda e confortável!!

Se vocês tiverem fotos dos seus estilos me enviem pra eu divulgar aqui também e dar ideias para nossos companheiros de blog !! Bjinhus ☻☺☺☺☻

Saiba tudo sobre os novos cremes seca-barriga

Seguindo o sucesso dos cosméticos anticelulite, os cremes específicos para tratar a gordura localizada do abdômen entram em cena. Vale a pena investir neles? É o que fomos pesquisar!

 

As apaixonadas por um creminho vão gostar desta novidade: começam a aparecer nas prateleiras novos produtos com a promessa de tratar especificamente a gordurinha da barriga. É claro que os cosméticos anticelulite também agem no estoque de gordura (especialmente na região das coxas, o tal do culote), mas os dois tipos de creme têm suas diferenças. Os produtos para gordura localizada ou redução de medidas, como consta em alguns rótulos, contêm princípios ativos que quebram as células de gordura ou que aumentam o metabolismo delas, sempre com o objetivo de esvaziá-las, melhorando o contorno corporal. A cafeína é o melhor e o mais consagrado exemplo e está presente em quase todas as formulações associada a peptídeos e extratos vegetais que potencializam esse efeito, além de combater a flacidez. “Já os indicados para celulite, além dessas mesmas substâncias, atuam na microcirculação e diminuem a produção de radicais livres que causam a inflamação, dois gatilhos para a formação do aspecto ondulado”, explica o dermatologista Adilson Costa, de São Paulo.

Esse último parece mais completo? “O problema de aplicar o creme anticelulite na barriga é que ele tem uma ação superficial. Para combater a gordura localizada abdominal, é necessário penetrar nas camadas mais profundas da pele”, diz Maurício Pupo, cosmetologista de São Paulo. “A evolução da tecnologia cosmética permitiu texturas mais leves, mais fáceis de espalhar com ativos capazes de atingir a camada de gordura”, diz Júlia Séve, diretora da marca Vichy no Brasil. Por tudo isso, se a sua queixa maior é aquele excesso de gordura abaixo do umbigo ou os pneuzinhos na lateral, vale, sim, investir nos lançamentos para a barriga. Mas lembre-se: os cremes são coadjuvantes de um estilo de vida saudável, ou seja, fazer atividade física regular e ter uma alimentação equilibrada. Sozinhos, vão fazer pouca diferença.

Ritual para melhorar o resultado

Paschoal Rossetti Filho, professor de cosmetologia e diretor de pesquisa e desenvolvimento do Instituto Mezzo de Cosmetologia, dá as dicas para turbinar o efeito do creme seca-barriga:

1. A aplicação do produto deve ser feita sobre a pele seca e limpa. Nunca por cima de um óleo corporal ou outro cosmético.

2. Uma vez por semana, faça uma esfoliação e aplique o creme logo em seguida.

3. Após o banho, a pele está mais receptível à penetração dos ativos. Escolha esse momento para o seu ritual diário.

4. Aplique o creme com movimentos circulares. Apesar dos novos cosméticos dispensarem massagem para os ativos penetrarem, isso vai ajudar o intestino a funcionar melhor, o que, na prática, diminui o inchaço na barriga.

Contra a gordura localizada

Estes cremes têm foco na quebra das células de gordura. Alguns são específicos para a barriga, outros podem ser usados tanto no abdômen como no culote. De brinde, eles deixam a pele mais firme e macia.

1. Reduxcel Plus SML Abdômen, ADCOS, R$ 117* (150 g)
Com cafeína e L-carnitina, promete reduzir medidas do abdômen e da cintura, além de combater a flacidez.

2. Destock Ventre, Vichy, R4 99,90* (150 ml)
Em gel-creme, tem 5% de cafeína e ativos tensores, que atuam na redução da gordura abdominal e firmeza da pele.

 

3. Celluli Laser Size Code, Biotherm, R$ 189* (150 ml)
O complexo de ativos vegetais Adiposveltyl age reduzindo o tamanho das células de gordura da cintura e do abdômen.

4. Body Concept Sérum Corporal, Dermatus, R$ 162,80* (200 g)
Em sérum, tem rápida absorção. Com retinol, cafeína e ativos hidratantes como D-Pantenol e ureia.

5. Mousse Lipo Redutor Slim & Sculp, Valmari, R$ 140* (220 g)
Com extrato de café e de erva-mate, tem ação lipolítica e drenante. Com textura em mousse.

*Preços pesquisados em abril/2013

 

Unhas e saúde em perfeita sintonia

Unha bonita? Só com a saúde perfeita.
Saiba tudo sobre a saúde das suas unhas
e o passo-a-passo para deixá-las fortes
e bonitas

 

Da mesma maneira que você mostra sua personalidade, seu estado de espírito e dita tendências da moda através das suas unhas esmaltadas, você também deve olhar para as suas próprias unhas e saber o que elas querem lhe mostrar  – sim, as suas unhas são o espelho do seu organismo e elas mostram o que você é e como está. Portanto, tudo agora está apenas em suas mãos, literalmente.

Nossas unhas são compostas de queratina, um tipo de proteína sintetizada que serve para formar diversas estruturas do corpo. Embora fortes, as unhas dever ser flexíveis, brilhantes e lisas, sem irregularidades na lâmina (o local onde se passa o esmalte). Traumas na cutícula e na matriz da unha fazem com que elas cresçam tortas e irregulares.
As unhas das mãos, a cada dez dias, crescem cerca de 1mm, 3 vezes mais rápido do que as unhas dos pés.

Uma unha saudável deve aliar o uso de produtos específicos, cuidados diários e, especialmente, uma ingestão suficiente de proteínas, vitamina A e complexo B e sais minerais como zinco, iodo, ferro e cálcio.  Uma má alimentação e a escassez dos nutrientes citados resultam em unhas que se tornam fracas, se quebram com maior facilidade e frequência, descamam, apresentam manchas e se tornam irregulares, além do que, ficam mais suscetíveis a doenças e ao ataque de fungos.

Segundo a Dra. Tamara Mazaracki, médica e especialista em nutrologia –“as unhas são como um espelho da saúde no corpo. Elas devem ser muito bem cuidadas, e qualquer tipo de problema que persista, requer a atenção de um médico.” – alerta. “Unhas fracas também podem ser devido a traumas no leito da unha, deficiências glandulares (hipotireoidismo) e outras doenças como micoses e psoríase.” – afirma Dra. Tamara. (vide box “Problemas mais comuns nas unhas”)

Problemas   mais comuns nas unhas
Unhas pálidas, sem cor Anemia, deficiência de ferro
Unhas ressecadas que quebram com   facilidade e descamam Falta de vitamina A, proteínas e   cálcio
Unhas que não crescem Deficiência de vitamina A e zinco, ou   uso de certos medicamentos
Unhas muito finas e quebradiças Falta de proteína
Unhas com linhas horizontais e   frágeis Falta de vitaminas do complexo B,   principalmente a biotina e enxofre. Pode também ser por conta de algum   desequilíbrio hormonal
Unhas com linhas verticais e frágeis Deficiência de ferro ou anemia
Unhas com pontos brancos Pode ser por deficiência de zinco ou   por trauma na base ou leito da unha.
Unhas com manchas escuras e   avermelhadas Pode ser trauma ou sinal de câncer de   pele – procure um médico urgentemente
Unhas com manchas amareladas Problema respiratório como bronquite   ou infecção por fungos e bactérias
Unhas que soltam do  leito Psoríase ou intoxicação por   medicamentos

A nutrição das unhas

Uma boa alimentação, rica em vitaminas, minerais e proteína, reflete em unhas fortes e bonitas. É extremamente necessário beber água, muita água. Assim como a falta crônica de água deixa nosso corpo desidratado, o mesmo acontecerá com as unhas: secas e sem nenhuma hidratação. A dica da Dra. Tamara é – “Se você não gosta de água pura, misture meio a meio com suco de frutas – assim você complementa com as vitaminas e minerais presentes nelas. Lembre-se: seis a oito copos de água por dia só lhe farão bem.”

Os elementos essenciais para unhas perfeitas

Biotina
O que é: vitamina que faz parte da família B.
Para que serve: essencial para manter as unhas fortes e agilizar o seu crescimento.
Sinais de deficiência da Biotina no organismo: unhas fracas que descamam com facilidade. Quem sofre de dermatite seborreica e queda de cabelo, deve caprichar na ingestão da biotina.
Onde encontrar: na gema dos ovos, couve, tomate, alface, cenoura, amêndoas, levedo de cerveja, cogumelos, cebola, salmão, peito de frango e de peru, fígado bovino, espinafre, couve-flor, repolho, pepino, leite de vaca e de cabra, queijos, morango, aveia, nozes.

Vitamina A
O que é: vitamina antioxidante
Para que serve: ajuda a manter a visão, a função imunológica, o metabolismo ósseo e a saúde da pele, cabelos e unhas.
Sinais de deficiência da Vitamina A no organismo: unhas que demorar a crescer. Se a sua pele tem tendência à dermatite, a deficiência dessa vitamina pode ser a causa.
Onde encontrar: vegetais e frutas de cor amarela, laranja e verde-escura, como brócolis, espinafre, couve, cenoura, abóbora, batata doce, melão, manga, laranja, e no leite, queijo, manteiga, fígado de galinha, óleo de peixe, pescados, frutos do mar, ovos.

Ferro
O que é: é um sal mineral
Para que serve: está diretamente envolvido no transporte do oxigênio pelas hemácias, as células vermelhas do sangue.
Sinais de deficiência do Ferro no organismo: anemia, dor nas pernas, cansaço, queda de cabelos, unhas fracas e quebradiças. Linhas verticais aparecem nas unhas e existe uma palidez no leito ungueal.
Onde encontrar: carne bovina, frango, atum, salmão, fígado e outras vísceras, carne de porco e carneiro, ovos, todos os feijões, pão integral, germe de trigo, açaí, beterraba, vegetais folhosos de cor verde-escura, uva-passa.

Zinco
O que é: mineral da imunidade
Para que serve: ele participa de reações químicas em centenas de enzimas que regulam a função corporal (síntese de proteínas, reprodução celular, cicatrização de feridas). Por ser de difícil absorção, conseguimos absorver, de modo geral, apenas 30% do zinco nos alimentos que consumimos.
Sinais de deficiência do Zinco no organismo: unhas ficam fracas, descamam com facilidade, demorar a crescer e apresentam manchas brancas.
Onde encontrar: ostras, frutos do mar, peixes, levedo de cerveja, ovos, carne vermelha, aves, grãos integrais, nozes e sementes.

Cálcio
Para que serve: é importante para a saúde dos ossos e dentes assim como as unhas também precisam de cálcio.
Sinais de deficiência de Cálcio no organismo: as unhas perdem a força e dureza, ficam ressecadas e podem apresentar fendas verticais que se abrem sempre no mesmo lugar.
Onde encontrar: leite e laticínios, como queijo, iogurte e kefir, vegetais de folhas verde-escuro, como couve, brócolis, agrião, rúcula, bertalha, espinafre, repolho, quiabo, algas, sementes de gergelim, queijo tofuCuriosidade: para quem não quer a gordura dos queijos, a mesma medida de couve tem a metade da concentração de cálcio.

Enxofre
O que é: mineral mais abundante no corpo humano e perde apenas para o cálcio e fósforo
Para que serve: é essencial para a síntese de colágeno, um componente vital para a saúde e flexibilidade das unhas, pele, cabelos, articulações, ossos e tendões. Sua reputação é de mineral da beleza, justamente pela sua ação direta na produção de colágeno. Também tem papel importante no metabolismo das vitaminas do complexo B, incluindo a biotina. Estimula a imunidade e luta contra os radicais livres.
Sinais de deficiência do Enxofre organismo: as unhas ficam duras, secas e sem flexibilidade, quebrando com facilidade bem rente à pele.
Onde encontrar: cebola, alho, repolho, couve, alface, algas, nozes, ovos, leite, carne, frutos do mar, aves.

Proteínas
O que é: compostos orgânicos
Para que serve: uma dieta rica em proteínas ajuda a ter unhas fortes. Como a unha é feita de queratina (um tipo de proteína) ela precisa ser reposta para manter a força e a capacidade de crescimento. O colágeno forma a matriz do qual os sais minerais já citados anteriormente se fixam para deixar as unhas fortes e resistentes. Quando mais colágeno disponível, maior será a fixação destes minerais essenciais e, conseqüentemente, ocorre uma melhora no aspecto e crescimento das unhas.
Sinais de deficiência do Enxofre organismo: as unhas ficam duras, secas e sem flexibilidade, quebrando com facilidade bem rente à pele.
Onde encontrar: carne, aves, pescados e frutos do mar, ovos, leite, gelatina ou colágeno em pó, grãos integrais, quinua.

Passo-a-passo dos cuidados diários para unhas bonitas

Agora que as unhas já foram cuidadas de dentro para fora, iremos tratá-las do lado de fora para que o mundo as observe: o lado que todos irão olhar e falar: “Nossa, que unha bonita!”

E os cinco passos básicos para unhas bonitas são:

1) Hidrate muito as cutículas

Deve-se criar uma rotina diária, várias vezes ao dia de hidratação intensiva para as cutículas (vide slide show “Produtos para as mãos e unhas”) A caneta hidratante para cutículas é uma ótima pedida e pode ficar na bolsa; com óleos essenciais, hidratam a cutícula intensamente e fortalecem a unha, sendo de muito fácil aplicação. A ponta também serve como afastador da cutícula e promove uma aplicação intensa e fácil

Logo após o banho e antes de dormir, massageie as cutículas com o Mira-Cuticle da Avon; que reduz as cutículas e as deixa com aparência suave e bonita. Faça isso todos os dias da semana, duas vezes ao dia e nunca mais precisará tirar as cutículas. Sem contar que dedos eternamente inflamados, serão apenas uma lembrança do passado.

2) Não retire as cutículas

As cutículas são protetoras do organismo e, uma vez retiradas, são portas abertas para doenças e bactérias. Cutículas cortadas, machucadas ficam inflamadas e são causadoras de unhas fracas, traumatizadas, com manchas e irregularidades.

Uma boa dica e que acabou virando um verdadeiro salva-vidas das manicuristas é a utilização do creme Gerimataia. Este composto de extratos naturais (são 16 ativos) ajuda a abrandar as inflamações e dores quando verdadeiros bifes são extraídos ao se tentar retirar a cutícula com alicates.

O Gerimataia é uma boa opção para quem quer regenerar e desinflamar as cutículas para que ela restabeleça seu estado normal. Mas atente para o fato de que, inflamações constantes, requerem um acompanhamento médico, pois podem ser reflexo de problemas de saúde.

1) Hidratar muito e várias vezes ao dia: caneta   hidratante é uma ótima opção – 2) Redutor de cutículas ajuda a manter cutículas   suaves e bonitas

Mas o ideal é mesmo não retirar as cutículas, apenas afastá-las diariamente, após o banho com uma espátula de metal. Isso substitui o uso constante do alicate e mantém as cutículas pequenas e em sua posição natural. Se necessário, retire apenas alguns excessos que estão muito ressecados e quase perto de se soltarem.

3) Proteja e hidrate as mãos

Além de cutículas hidratadas, as mãos também merecem atenção especial. O contato direto com produtos de limpeza, pó, poluição e agentes químicos fazem com que a pele fique ressecada e, consequentemente as unhas fiquem fracas e quebradiças.

Antes de proceder a hidratação, para obter melhores resultados, o ideal é promover uma esfoliação suave e bem controlada para remover células mortas e ativar a circulação, proporcionando uma aparência mais viçosa e jovem além de deixar a pele preparada para o melhor assentamento do hidratante.

Um ótimo produto para uma esfoliação criteriosa é a Loção Esfoliante com Turmalina da Gerimataia. Turmalina? A pedra preciosa?

Sim, ela mesma e explicamos qual a vantagem de sua utilização em um esfoliante. A turmalina se distingue dos outros minerais por possuir uma estrutura prismática de três faces. Os prismas têm frequentemente estrias verticais bem marcadas que produzem um efeito triangular arredondado e essa característica é que proporciona uma esfoliação eficiente e sem ferir a pele.

Outra característica importante é que a turmalina mantém seu fator de esfoliação constante durante todo o processo de utilização. Esfoliantes comuns apresentam inicialmente um fator de esfoliação alto, mas que se desgastam ao longo do processo impedindo um melhor controle de quem aplica o produto.

Após a esfoliação, chega a hora da hidratação e proteção das mãos e unhas. Uma boa solução é usar um creme hidratante, que ao mesmo tempo que hidrata intensamente, cria uma película protetora contra os agentes externos nocivos à pele e às unhas, um ótimo produto para esse fim é a Luva de Silicone, também com Turmalina, para potencializar o efeito do mineral na pele.

O uso de um creme específico para as mãos, várias vezes ao dia, evita ressecamento e promove uma hidratação intensa além de criar uma película protetora, revitalizar e regenerar a pele.

Existe uma variedade imensa de produtos no mercado e, entre tantos, o Avon Renew – Creme Transformador para mãos e unhas e Avoplex, da OPI são bons e cumprem o que prometem: unhas fortes e pele ultra hidratada.

Ao realizar trabalhos domésticos ou jardinagem proteja as mãos com luvas e hidrate intensivamente ao final do trabalho. Uma luva de silicone com turmalina Evite traumas e não faça de suas unhas uma ferramenta, elas são delicadas e merecem tratamento especial.

4) Escolha a base certa para suas unhas
Para cada unha, uma base. Sempre que quiser fazer as unhas, antes de passar o esmalte nunca deixe de usar uma base. As bases protegem as unhas e evitam que o esmalte fique em contato direto com a pele e, além disso, são formuladas para cada problema já descrito na tabela.

Unhas que descamam: sinal que a unha está fraca e precisa se fortalecer.
Produtos indicados: Nutribase Pró-Fortalecimento da Colorama, Linha Tratamento e DNA Nails, Risqué Technology
Unhas que demoram a crescer: necessitam de estimulantes de crescimento
Produto indicado: Nutribase Pró-Crescimento, da Colorama
Unhas com linhas verticais (estriadas): devido a traumas ou deficiência de nutrientes no organismo, as unhas podem ficar estriadas, para isso, uma base niveladora é a melhor opção.
Produtos indicados: Nutribase Pró-Nivelamento, da Colorama.

5) Use apenas removedor de esmaltes
Já foi o tempo que era só a acetona que retirava por inteiro o esmalte. Com a tecnologia de hoje, muitos produtos foram desenvolvidos e prezam a saúde e aparência das unhas; os removedores sem acetona são ótimos e não ressecam as unhas como a acetona faz, além de deixar a pele com aparência hidratada e as unhas brilhantes com a mesma eficiência de qualquer acetona ao retirar o esmalte.
Produtos indicados: Removedor Tiresmalte Hipoalergênico da Impala, Removedor de Esmaltes da Avon, Removedor de Esmaltes Hipoalergênico Linha Óleo de Orquídea da Risqué.

Com cuidados básicos, rituais diários e assiduidade no tratamento e hidratação das mãos, unhas e cutículas todos estamos no caminho de termos unhas bonitas e saudáveis sempre.

Daniele Honorato

Sexo na gravidez é seguro?

 

Desde o primeiro dia da gestação o corpo da mulher começa a se transformar e receber sensações novas. Assim como a mente da futura mamãe. Tudo é novidade!

Nos primeiros meses, é comum sentir náuseas, dor nas costas, vômitos, cansaço e seios doloridos, e diante desse quadro, muitas mulheres podem perder a vontade de ter relação sexual com seu parceiro por medo de prejudicar a formação do bebê, por falta de vontade causada pela diminuição da libido ou até mesmo por vergonha do próprio corpo que está em formação.

“Para alguns casais a vontade de ter relação sexual muda na gestação. Na grande maioria das vezes, isso está relacionado ao psicológico e ao medo dos casais em prejudicar o bebê. Isso é errado, uma vez que o feto não é atingido pela prática. Pode ser feito em qualquer posição desde que a grávida se sinta confortável” afirma a ginecologista Cláudia Leitão.

Para a maioria dos homens, as mudanças trazidas pela gravidez são um novo estímulo para praticar o ato sexual. Os seios incham e surgem novas curvas no corpo da mulher, além de ela deixar de ser apenas a “mulher” e agora, passa a ser “mãe”, geradora de um ser. Todas essas mudanças mexem no psicológico do homem, o que pode fazê-lo ter mais desejo. “A gestação faz aumentar a vascularização da vulva, que fica mais edemaciada e úmida. Isso favorece o prazer tanto do homem quanto da mulher. Ser sexualmente ativo durante a gestação é saudável e aumenta o vinculo afetivo entre o casal”, explica a Dra. Tânia Valladares, ginecologista e obstetra.

O sexo só é proibido ou restrito em algumas situações como sangramentos durante a gestação, patologia obstétrica, deslocamento da placenta, risco de aborto, perda de líquido amniótico entre outros casos. “Em casos especiais o sexo acaba sendo contraindicado, mas se a mulher não está tendo nenhuma complicação durante a gestação não há porque evitá-lo” argumenta a ginecologista e obstetra Dra. Tânia Vasconvellos. Por isso, o acompanhamento com o médico é essencial para uma gestação ainda mais saudável.

 Bolsa de Bebê