Cretino e Cretina Irresistível

 

      Olá a todos!! Não se assustem com o título desse POST, é o nome de dois livros que eu li na semana passada, o primeiro é o “Cretino Irresistível” e depois a continuação com a “Cretina Irresistível”.
      Para mim o livro já começa ótimo pela ideia mega criativa do nome da autora do livro, isso mesmo, já é legal desde aí, por que ele foi escrito por duas mulheres, uma chamada Christina e a outra é a Lauren, então elas deixaram o pseudônimo como Christina Lauren.
      O Cretino Irresistível é um sex-seller que conta a história de uma casal muito caliente que trabalham juntos em uma agência de Propaganda. Bennet Ryan é um mega gato, perfeito e cretino. Ele é extremamente arrogante e insuportável e pior, chefe de Chloe Mills, que é uma estagiária ambiciosa que está terminando seu projeto para apresentar na MBA.
      No decorrer do livro Bennet provoca Chloe todos os dias no trabalho e ela não o suporta! Mas dessas faíscas começa a sair fogo e eles passam a passar por momentos muito sensuais na empresa, loja de lingerie, casa dos pais, e muitos outros lugares inusitados. O engraçado é que um odeia o outro mas nenhum dos dois conseguem evitar, quando estão juntos, tem algo mais forte que domina suas mentes.
     Uma viagem que fazem a trabalho faz com que a relação suba um nível e agora estão extremamente apaixonados um pelo outro. O Próximo livro “Cretina Irresístivel” é a continuação dessa história de amor e sexo com muitas loucuras e romantismo.  
 
     Eu adorei os dois livros, a história é muito divertida, é muito romântica e sensual no ponto certo, não achei nada vulgar e aquelas esquisices que aparecem em alguns livros. Eu só achei ele um pouco idealista, com algumas coisas que acabam fugindo um pouco, muito perfeitinho. Talvez isso deixe as leitoras mais entusiasmadas por ser perfeitamente feminista.
    
     Eu super indico para quem gosta desse tipo de leitura e quiser adoçar um pouco mais o dia rsrsrs. Quem já leu comenta aqui o que achou.
 
Espero que tenham gostado do post bjinhos ;* !

10 coisas que fazem o ser humano feliz

Sexo e chocolate travam batalha na lista das principais fontes de felicidade

O site BuzzFeed reuniu uma série de estudos internacionais para montar uma lista das dez coisas que realmente fazem o ser humano feliz.

Chocolate e sexo são quase unanimidade nas pesquisas. Amigos e elogios, segundo estudos de centros universitários,  também trazem considerável melhora de humor às pessoas.

Confira a lista completa:

reprodução

Segundo pesquisas, cuidar de criança melhora positivamente o humor das pessoas

10. Cuidar de criança – Segundo um estudo da Universidade de Canterbury, na Nova Zelândia, cuidar de crianças deixa as pessoas muito felizes. Porém, um outro estudo apontou que cuidar dos próprios filhos é uma das atividades que as pessoas menos gostam.

9. Compras – Em 2011 descobriu-se que comprar alguma coisa deixava as pessoas mais felizes. Mas a mesma pesquisa detectou que o gasto em excesso pode afetar a vida erótica e, assim, diminuir a alegria de viver.

8. Religião – Entre 2005 e 2009, uma pesquisa mostrou que religião deixa as pessoas mais felizes. O resultado, no entanto, refere-se apenas a pessoas de países onde há falta de comida, trabalho ou assistência média – em países ricos não ocorre o mesmo efeito.

7. Exercícios – Outra pesquisa, compilada pelo site, apontou que as pessoas ficavam mais felizes quando se exercitavam. Mas a prática de exercícios físicos não está entre as dez coisas apontadas na pesquisa da Universidade de Canterbury.

6. Dinheiro – Um estudo inglês mostrou que dinheiro traz menos felicidade que sexo. Em um comparativo, fazer sexo uma vez por semana traz mais felicidade do que US$ 50 mil por ano.

5. Amigos – Segundo o estudo da Universidade de Canterbury, “socializar” é uma das atividades que mais deixam as pessoas bem humoradas.

4. Beber – A mesma pesquisa da Universidade de Canterbury, mostrou que mostrou que beber é a segunda atividade mais prazerosa para as pessoas, só perde para o sexo.

rerprodução

Estudos e pesquisas apontam o chocolate como uma das principais fontes de alegria e prazer

3. Chocolate – A rivalidade entre chocolate e sexo em estudos sobre prazer e felicidade é sempre grande. Um dos mais recentes, feito em 2011, apontou que as mulheres preferiam um ótimo sexo a um chocolate.

Um segundo estudo, porém, apontou que 52% das mulheres escolheriam chocolate em vez de sexo quando querem melhorar o humor.

Já um terceiro mostrou que 39% das mulheres solteiras das solteiras preferiam ficar sem sexo durante um ano a abrir mão do chocolate.

2. Sexo – O pesquisador Carsten Grimm, da Universidade de Canterbury, pediu às pessoas que respondessem, por mensagens de texto, em qual ocasião foram mais felizes. Sexo foi apontada como a atividade mais prazerosa.

1. Elogios – Uma das pesquisas mais inusitadas, compilada pelo “BuzzFeed” – patrocinada por uma empresa de refrigerantes – mostrou que ser elogiado molhara o humor de 41% das mulheres, índice maior do que o sexo ou chocolate.

 

E você o que o  que mais te faz feliz?

Poção do amor: truques da ciência para atrair o sexo oposto

Oii Gente ! Bom dia !! Vejam que legal essa pesquisa! Eu adoreii! Vale a pena dar uma lida!

Seguindo as dicas dadas por cientistas do mundo todo, é provável que você faça sucesso na balada do próximo final de semana!

Colocar imagens de santo de cabeça para baixo, unir fotografias dos amados com mel, decorar as posições do Kama Sutra e os mais bonitos sonetos de amor: métodos são o que não faltam para se dar bem no amor e encontrar a tão esperada alma gêmea. A variedade é tão grande que muitos chegam a olhar com desconfiança para o acervo de simpatias e estratégias.

Talvez seja o caso, então, de as pessoas interessadas darem uma chance à ciência. Afinal, o que todo mundo espera do método científico é que ele seja confiável e reproduzível. Pensando nisso, preparamos o infográfico acima, que pode servir como uma espécie de “manual do amor” ― muito útil para ser consultado algumas horas antes de curtir a balada do final de semana.

Para deixar tudo ainda mais esclarecido, fazemos questão de detalhar, logo abaixo, os estudos científicos que podem ajudar o leitor ou a leitora a passar os próximos dias em boa companhia. E se nada disso der certo, talvez seja uma boa apelar para a fé e castigar não apenas o casamenteiro Santo Antônio, mas também São Alberto, padroeiro das ciências naturais.

Vermelho, vermelhaço, vermelhusco

Fonte: Thinkstock

Essa experiência já foi anunciada no artigo sobre 7 estudos científicos estranhos, mas não custa reforçar: homens e mulheres vestindo roupas vermelhas têm mais chances de conquistar alguém.

Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, distribuíram fotografias de mulheres usando roupas de diversas cores e perguntaram: “Imagine que você se encontrará com essa mulher e tem uma nota de cem dólares na sua carteira. Quanto desse dinheiro você gastaria com ela?”.

Como resultado, os homens teriam encontros mais caros com as mulheres que vestiam vermelho. Posteriormente, a mesma equipe de cientistas constatou, em um segundo estudo, que os homens de vermelho também chamam mais a atenção das mulheres. Sendo assim, acho que você já sabe qual roupa usar em jantares românticos, certo?

Voz grave e jeito de homem

Cientistas da universidade de Aberdeen, na Escócia, atestam que homens com voz grossa são mais memoráveis para as mulheres. De acordo com o estudo, a tonalidade da voz acaba sendo usada como forma de estimar as qualidades genéticas de um possível parceiro para relacionamento de longa duração.

A mesma instituição também levantou dados sobre a aparência física dos homens desejados pelas mulheres. Em alguns países, como Inglaterra e Suécia, os homens com traços delicados e jeito feminino fazem mais sucesso. Mas no Brasil, a situação é inversa: 55% das mulheres preferem homens com H maiúsculo, mais masculinos.

Cicatriz no rosto, o toque final

Fonte: Thinkstock

De acordo com pesquisa realizada pelas universidades de Liverpool e de Stirling, no Reino Unido, uma cicatriz facial leve é capaz de tornar o seu portador mais atraente aos olhos femininos.

Porém, há uma desvantagem: as cicatrizes tornam o candidato mais apropriado para relacionamentos rápidos e não para casamentos duradouros. Portanto, se for o seu caso, aproveite bem as oportunidades da vida. E outra notícia boa: de acordo com a pesquisa, os homens consideram as mulheres com cicatrizes no rosto tão atraentes quanto as que não possuem.

Felicidade demais, romances de menos

A Universidade da Colúmbia Britânica, no Canadá, adverte: homens felizes demais são menos atraentes para as mulheres. Isso ajuda a confirmar o estereótipo de “bad boys”, já que, de acordo com a pesquisa realizada, mulheres preferem homens mal humorados e mais silenciosos. Em contrapartida, as mulheres mais felizes são as mais atraentes para os rapazes.

Pizza nas axilas? Sem problemas!

Fonte: Thinkstock

Se a vida fosse um jogo de RPG, o personagem que suasse demais deveria receber uma penalização nos atributos de carisma e aparência. Mas, de acordo com estudo realizado por pesquisadores norte-americanos e israelenses, ao cheirar o suor masculino, mulheres sentem a presença de uma determinada molécula capaz de alterar seus hormônios, provocando mudanças de humor e até mesmo excitação.

As morenas se destacam mais

Para tentar descobrir as características físicas que tornavam uma mulher mais atraente para os homens, a rede social Badoo entrevistou cerca de 2 mil cavalheiros. Como resultado, um dado revelador: ao contrário do que muita gente pensa, as loiras não são as favoritas. Sessenta por cento dos participantes do site preferem mulheres de cabelos pretos ou castanhos. As loiras são as preferidas de quase 30% dos entrevistados, enquanto as ruivas conquistaram a preferência de menos de 10% dos rapazes.

Inspirem-se em Angelina Jolie

Fonte: Thinkstock

Pesquisadores da Universidade de Manchester, no Reino Unido, analisaram o movimento ocular de 50 homens enquanto eles observavam imagens de diferentes mulheres. De acordo com o estudo, a região que mais recebe a atenção dos olhos masculinos é a dos lábios. E quando as mulheres usam batom vermelho, os homens quase não conseguem desviar o olhar, fitando a boca feminina por cerca de 7 segundos. A cor pink foi capaz de prender a atenção por 6,3 segundos. Além disso, lábios mais grossos também ganham mais atenção se comparados com os demais.

Braços longos: mais atraentes do que pernas

Ana Hickmann que se cuide! De acordo com profissionais da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, mulheres com braços longos chamam mais a atenção dos homens do que aquelas que possuem pernas longas, como é o caso da apresentadora da Rede Record. A pesquisa foi realizada com um grupo de 92 pessoas australianas, homens e mulheres de 18 a 58 anos. Posteriormente, o estudo também foi repetido em Hong Kong e chegou ao mesmo resultado.

Salto alto favorece a sedução

Fonte: Thinkstock

Dizem que sapatos de salto alto dificultam o caminhar e são capazes de afetar negativamente a saúde de quem os usa. Mas mesmo assim, centenas de mulheres continuam desfilando pelas ruas com esse tipo de calçado. E não há dúvidas de que muita gente concorda com a ideia de que o salto alto torna as mulheres mais atraentes. Essa hipótese, inclusive, tem o aval da ciência, mas sob um ponto de vista nem tão romântico ou sensual.

De acordo com a antropologista Hellen Fisher, da Universidade Rutgers, nos Estados Unidos, o salto alto favorece o chamado comportamento de lordose, expressão científica usada para se referir à postura de “bumbum empinado”, também usada pelas fêmeas de outras espécies de mamíferos.

As curvas da perdição

É claro que a forma do corpo também é importante na arte da conquista. E de acordo com a psicóloga Devendra Singh, da Universidade do Texas, os homens preferem as mulheres que possuem a cintura mais estreita do que os quadris.

Singh afirma existir uma relação entre a produção de hormônios sexuais e a proporção física entre cintura e quadril. Uma produção bem equilibrada reflete condições físicas mais saudáveis e, consequentemente, melhores condições de conceber um filho. É como se a beleza estivesse dando dicas sobre a saúde e a fertilidade de alguém.

…..

Seja homem ou mulher, a ciência está sempre pronta para ajudar você a conquistar as pessoas ao seu redor. E se testar algumas dessas dicas, não se esqueça de contar nos comentários como foi o resultado. Boa sorte!

Fonte: Toda Ela

Alimentos afrodisíacos: prazer que começa na mesa

Conheça os 15 alimentos que agem no organismo proporcionando mais apetite sexual e prazer na hora H

 

Não é de hoje que se fala em alimentos afrodisíacos. Muito se comenta sobre eles e bastante gente acredita que comer um pouco desses alimentos no dia em que você deseja ter uma noite picante já basta. Na realidade, a ingestão destes alimentos deve ocorrer com certa regularidade para que eles tenham o efeito desejado.

Os alimentos considerados afrodisíacos tem influência na atividade sexual, afinal alguns deles aumentam o fluxo sanguíneo e afetam os hormônios e as contrações musculares. Mas não são apenas os alimentos que são considerados afrodisíacos.

 

As bebidas alcóolicas também influenciam a libido, deixando a pessoa com mais apetite sexual. Entre as diversas bebidas alcóolicas, destaca-se o vinho, o qual contém porções de uma substância chamada resveratrol – encontrada na casca da uva roxa.

Pesquisas apontam que esta substância está ligada ao aumento da produção do estrógeno e de um apetite sexual maior, além de colaborar com a lubrificação da região íntima da mulher.

15 alimentos afrodisíacos e seus efeitos

Confira quais são os principais alimentos afrodisíacos e como eles agem na libido:

  1. Abacate: o abacate é considerado como fruta afrodisíaca pelo seu formato, o qual lembra testículos, estimulando o imaginário sexual;
  2. Alcaçuz: acredita-se que o aroma de alcaçuz aumenta o fluxo de sangue no pênis;
  3. Amendoim: o amendoim contém vitamina B3 que promove a dilatação dos vsos saguineos e consequentemente aumenta o apetite sexual;
  4. Anis: o anis contém alguns comportos estrogênicos que melhoram o desejo sexual agindo de forma similar à testosterona;
  5. Banana: a banana é afrodisíaca não somente pelo seu formato fálico mas também porque contém nutrientes necessários para a produção de hormônios sexuais;
  6. Cardamomo: o cardamomo é rico em eucaliptol, substância capaz de aumentar o fluxo de sangue nas áreas onde é aplicado;
  7. Cenoura: a cenoura é considerada um alimento afrodisíaco devido à sua forma;
  8. Chocolate: as endorfinas que o consumo do chocolate ajuda o organismo a liberar aumentam a sensação de prazer e deixam você mais relaxada para fazer sexo;
  9. Figo: o figo aberto tem aparência semelhante à parte íntima da mulher, o que torna esta fruta também um alimento afrodisíaco;
  10. Gengibre e Ginseng: o gengibre e o ginseng atuam promovendo a produção de neurotransmissores, os quais afetam de forma direta o impulso sexual;
  11. Mamão: o mamão contém compostos estrogênicos, que também auxiliam o aumento da libido feminina;
  12. Mel: o mel colabora aumentando os níveis de testosterona no sangue e auxiliando o corpo a metabolizar e utilizar o hormônio feminino estrogênio;
  13. Ostras: as ostras contém ácidos e compostos capazes de promover a liberação dos hormônios testosterona e estrogênio;
  14. Pepino: o pepino, além de possuir formato sexualmente atraente, tem um aroma que estimula o aumento da circulação sanguínea na vagina;
  15. Pimenta: comer pimenta gera algumas sensações que são parecidas com as que temos ao fazer sexo, como transpiração e aumento dos batimentos cardíacos – o que pode ser bastante estimulante.

Se você sofre com a perda da libido e está disposta a investir na recuperação do seu apetite sexual, inclua estes alimentos moderadamente em suas refeições e desfrute de ainda mais prazer na cama.

 Andressa Dias
 

O que as mulheres não devem fazer na cama

Você pode se considerar um livro de Kama Sutra em forma humana, saber várias dicas que podem beneficiar o seu relacionamento, porém, existem certas coisas que por menores que sejam, podem acabar com qualquer paixão.

É preciso ser observadora para perceber o que seu parceiro vai considerar interessante e o que ele pode achar vulgar. Pois a linha que separa o sensual e sexy da vulgaridade é muito tênue. É preciso então ter tato para saber o que vai agradar ou não.

 

O que é preciso para não fazer feio na cama?

Um dos pontos principais é a higiene, pois não há nada pior do que uma mulher que não se cuida. Banho, hidratante e uma boa depilação são sempre bem-vindos. Cuidar da aparência também é importante. Procure não usar aquela calçola bege estilo avó, ela pode brochar seu homem na hora.

A falta de iniciativa também é um fator que pode lhe prejudicar. Sexo é mútuo, não tem graça “trabalhar” sozinho. Participe! É verdade que eles gostam de ter o controle, sentirem que estão dominando a relação, porém, passividade na hora H gera rotina e acaba tornando o sexo entediante.

Não critique o físico dele e muito menos o compare com outro cara. Isso faz com que ele se sinta inseguro, logo, perdendo toda a animação para o sexo. Procure também não divulgar seu histórico sexual. Comentar sobre as relações anteriores é desnecessário, inclusive sobre o seu ex.

Lembre-se que, após a ejaculação, o membro masculino fica extremamente sensível e é necessário um tempinho para que ele volte a se ativar. Portanto, respire um pouco e relaxe, se tentar excitá-lo dois segundos após o orgasmo, ele pode se sentir incomodado e o clima gostoso vai por água abaixo.

Para finalizar, nada de gritos e gemidos exagerados. É legal você mostrar que está curtindo o momento, mas bancar a atriz pornô com um “oh yes” em último volume, pode assustá-lo e parecer artifical ou forçado.

São essas dicas básicas de sobre o que não se deve fazer na cama que você deve se lembrar sempre. Seguindo-as corretamente, sua vida sexual certamente será um arraso.

 

Sexo é bom

Conheça 10 motivos para ter uma relação sexual ativa!

Com a correria do dia a dia e o estresse do trabalho sabemos que é difícil star sendo com a disposição em dia. No entanto, para combater o desinteresse e animar a vida sexual é preciso que você dê o primeiro passo. Apesar de ser mais normal do que imaginamos, deixar o sexo para segundo plano não é bom, além de ser um perigo. Afinal, a concorrência por aí anda grande, não é mesmo?

Se você anda sofrendo com essa “preguiça sexual”, nós destacamos 10 motivos que farão você repensar a sua decisão na hora de deixar o sexo para segundo plano. E, não pense que o sexo só é bom na hora. Saibam que uma vida sexual ativa traz diversos benefícios, inclusive depois da cama.

1. Ajuda a manter a forma – O esforço físico feito durante a pratica sexual pode queimar até 300 calorias, além de ajudar a tonificar a musculatura das pernas, bumbum e barriga.

2. Diminui os efeitos da menopausa – Aumenta a produção do estrogênio, além de favorecer o equilíbrio hormonal, o que auxilia nas mudanças de temperamento e diminui as ondas de calor.

3. Melhora sono – Para quem sofre de insônia, a prática sexual pode garantir uma boa noite de sono.

4. Ajuda na resolução dos problemas – De acordo com Simon Wootton e Terry Horne, autores do livro Teach Yourself: Training Your Brain (sem tradução para o português), o sexo aumenta a produção da oxitocina, o hormônio do amor e do sexo, tem o poder de acalmar, além de favorecer capacidade do cérebro de organizar pensamentos.

5. Mais felicidade – Durante o sexo a produção dos neurotransmissores dopamina e serotoninasão estimuladas, o que aumenta a sensaçãoo de bem-estar das pessoas.

6. Previne derrame – Um estudo da Universidade Queens, na Irlanda do Norte, comprovou que ter uma vida sexual regular diminui em até 50% as chances dos homens sofrerem derrame.

7. Reduz a TPM – A liberação de dopamina e serotonina no sangue tem efeito calmante, além de ajudar a diminuir as cólicas menstruais.

8. Mais sexy – Com os hormônios aflorados, a pele fica ótima e a autoestima lá em cima, sem contar na energia que transborda do seu corpo e respingam nas outras áreas da sua vida como o trabalho, por exemplo.

9. Alivia as dores – Depois do orgasmo, a oxitocina produzida durante o ato ajuda a diminuir dores em geral, desde enxaqueca até dores musculares.

10. Traz mais felicidade que dinheiro – Para quem acredita que só dinheiro traz felicidade, um estudo publicado pelo National Bureau of Economic Research revelou que um casamento com uma vida sexual plena atinge o mesmo grau de felicidade de uma pessoa que ganha 100 mil dólares por ano.

Pois é, ainda tem dúvidas de que driblar a preguiça e ferver na cama é a melhor opção?

Sexo e Prazer

Freud explica? Prazer sexual é uma questão de intimidade.

     O prazer é uma sensação inerente ao ser humano. Mas não é igual para todo mundo. Segundo a psicóloga Ângela Vilela, a definição de prazer está ligada às experiências vividas por cada um. Sob a perspectiva freudiana, diversos fatores e situações ocorridas desde a infância são responsáveis por determinar a forma como a pessoa vai encontrar a sua forma de sentir prazer.

     E como definir o seu próprio caminho para o prazer? De acordo com Vilela, não há uma fórmula mágica e que seja aplicável a qualquer pessoa. “A sexualidade e o prazer sexual estão na relação no que o parceiro suscita no outro e consigo mesmo, incluindo o quanto conhece e lida com o seu próprio corpo” explica.

     Aliás, a tentativa de padronizar a forma de obter prazer pode causar justamente o efeito contrário. “Vivemos em tempos mais permissivos, mas a cobrança por um padrão de conduta sexual acaba por desviar a pessoa de suas reais necessidades para adotar as impostas pela sociedade” complementa Vilela.

    Ainda sob a ótica do pai da psicanálise, a especialista explica que a sexualidade está em tudo: em um olhar, nas mãos, no toque. “Na prática, isso significa que a vivência é a única maneira de encontrar seu jeito de sentir prazer” orienta Vilela, que anda fala sobre a dificuldade de chegar ao orgasmo, encontrada por muitas mulheres. “A resposta para isso está na história de vida dela, como foi criada, os traumas, enfim”, conclui.

     Para quem tem dificuldades de se encontrar sozinho, a terapeuta orienta ajuda profissional “há casos que as pessoas têm tanta dificuldade de sentir prazer que não conseguem entrar nesse processo de subjetividade, eu aconselho que ela busque uma análise” conclui. Definitivamente, prazer sexual é uma questão de intimidade.